Obrigada a todos os membros do grupo que participaram do desafio de Fotografia Pet do mês de Julho.
O tema do mês foi fotografando pets idosos. Um tema que toca os corações dos amantes dos animais, trazendo às vezes um sentimento de tristeza, compaixão e dor. Se o animal de estimação já esta na velhice a possibilidade dele não ficar junto da gente por muito mais tempo é bem maior, e só de pensar isso nosso coração fica aperdadinho, não é?
Esta imagem (primeira foto) feita pela fotógrafa Elaine Massaini retrata muito bem isso. A fotógrafa relata, “Essa pet saiu do ensaio de fotos direto para o veterinário para ser internada. Alguns dias depois perguntei dela e já estava melhor. Achei uma sessão triste, o “pai” estava triste, não sei lidar com isso. Discretamente até dei um passe na cachorrinha e orei por ela.” Com certeza esta imagem nos passa um sentimento de emoção profunda, um momento sincero de amor entre os dois amigos.
Acredito que o nosso trabalho como fotógrafos de pets é muito importante! Registrar o amor, o carinho, e a conexão entre os humanos e seus amados pets deve ser nossa principal missão. Estas lindas criaturas chegam às nossas vidas, nos dão amor incondicional, nos escutam, nos faz rir e chorar as vezes, muitos deles preenchem algumas lacunas emocionais que temos, nos curam até da depressão e estão sempre ao nosso lado. Amigos verdadeiros! Membros da família! O melhor amigo do homen!
É triste dizer adeus a alguém que amamos profundamente, como a fotógrafa Luciana Alvarenga teve que dizer há três meses atrás ao seu querido amigo e companheiro de 13 anos e meio, o Napoleão (segunda foto). “Ele virou uma linda estrela.”, disse a fotógrafa e mãe do pet. Ah que triste isso, não é? Espero que este mocinho lindo RIP (rest in peace).
Querido fotógrafos, ao fotografar pet idosos leve sempre em consideração as condições físicas e limitações dele. Não tente colocá-lo sentado se ele tiver problemas nos quadris, ou não tente forçá-lo a fazer uma pose quando ele fisicamente ele não pode fazer. Pergunte ao pais sobre a condições de saúde do pet no seu contato inicial com o cliente e durante o ensaio procure sempre estar atento aos sinais de desconforto na linguagem corporal pet!
Bom, mas como nem todo mundo é igual, já o fofo do Bob (terceira foto) capturado pela a fotógrafa, Fernanda Cerioni, apesar da idade avançada não perdeu a oportunidade de nadar e se divertir na piscina. Eu acho que ele deve ter pensado que a idade é apenas um número e dentro do seu coraçao ele ainda se ainda se sente um eterno adolescente (risos). Ai sim Bob, ótima atitude e maneira de ver a vida, bora ser feliz enquanto podemos!
Enfim, parabéns aos três ganhadores do desafio de Fotografia Pet do mêsde Julho. Trabalho lindo e inspirador!

Você é fotógrafo e gostaria de participar do nossos desafios mensais?

Alessandra é uma fotógrafa brasileira, “pé-vermelho” de Londrina e residente nos Estados Unidos há mais de 19 anos. Estudou Comunicação na William Paterson University, e fotografia no New York Photography Institute, se especializou em Fotografia Pet em Barcelona na Espanha pelo curso Barkelona Pet Photography Retreat.
Ela também é certificada como Dog Behaviorist pela CATCH Academy for Dog Trainers.
Há mais de 7 anos trabalha como fotógrafa em New York & New Jersey.
E é a mãe de duas lindas pets, a Shanti e a Gaia, sua vida e inspiração!

Let's Connect!

Fique em Contato

Inscreva-se e acompanhe as novidades no mundo da fotografia pet, saiba de novos cursos e receba conteúdos exclusivos.

Let's Connect!

Saiba Mais

Fique em Contato

Inscreva-se e acompanhe as novidades no mundo da fotografia pet, saiba de novos cursos e receba conteúdos exclusivos.

Copyright aprendafotografiapet.com.br © 2018 – All rights reserved

7 DICAS PARA FOTOGRAFAR MELHOR OS PETS

Download Grátis!

Confirme o seu e-mail para receber o download gratuito!