Espaço negativo é a área que rodeia o sujeito principal na sua foto (o sujeito principal é conhecido como o “espaço positivo”). Veja como exemplo a imagem abaixo, o espaço negativo define e enfatiza o principal sujeito em uma foto, levando os seus olhos direto para ele.

O espaço negativo fornece “espaço para respirar”, dando seus olhos um lugar para descansar e impedindo que sua imagem fique demasiada cheia de “coisas”. Tudo isto acrescenta-se um interesse a mais na composição. Quanto usado corretamente, o espaço negativo proporciona um equilíbrio natural contra o espaço positivo em uma cena. Conseguir este equilíbrio é complicado e bastante subjetivo, mas é algo que você podera melhorar com tempo e prática.
Como usar o espaço negativo em sua fotografia?
Nossos cérebros estão cheios de ideias pré-concebidas sobre o modo como olhar os objetos em termos de tamanho, forma, cor, textura, e assim por diante. Infelizmente, esses preconceitos distorcem a forma como vemos uma cena, isso pode gerar uma imagem boa na nossa mente, mas não tão boa na realidade.

A chave para superar esses problemas é ignorar os objetos na cena por completo e em vez disso concentrar-se nas lacunas entre ao redor deles. Isso força você a prestar mais atenção à sua composição, e ajuda você a ver as formas e tamanhos mais precisamente. Quando enquadrar sua foto, ajuste a sua composição até que os espaços positivos e negativos na foto pareçam bem equilibrado contra o outro. Seja generoso com a quantidade de espaço vazio deixado na imagem, e não se sinta obrigado a ter objetos em cada centimetro quadrado da imagem. No entanto, considere cada elemento em sua cena com mais cuidado, levando sempre em consideração a composição da imagem em geral.
Sobre a autora:
Alessandra Sawick e fotografa, artista, e educadora. Residente a mais de 17 anos nos EUA. Formada pelo Instituto de Fotografia de Nova York e especializada em Fotografia Pet.